Phishing: o que é, os 8 principais tipos e como proteger a sua empresa de golpes virtuais

O phishing é um golpe relativamente antigo e conhecido na internet. Mesmo assim, diariamente, pessoas físicas e jurídicas se tornam vítimas dessa ameaça virtual.

Geralmente, essa prática acontece através de mensagens fraudulentas com o intuito de roubar dados, e que parecem ter sido enviadas por organizações legítimas, como agências do governo ou instituições financeiras.

Continue a leitura para entender mais sobre o significado desse termo, quais os principais tipos de phishing e como proteger a sua empresa desse golpe tão comum.

O que é Phishing?

O termo phishing foi escolhido por causa da sua semelhança com outra palavra em inglês, fishing, que em português, significa pescar. Assim, a prática tem como principal objetivo ‘’pescar’’ dados e informações sigilosas de usuários através de mensagens falsas.

Ou seja, o golpista consegue obter essas informações através de uma ‘’isca’’ lançada aos destinatários da mensagem, que serve para atrair as vítimas e conseguir acesso aos seus dados pessoais.

Os e-mails e mensagens de SMS enganosos, normalmente, pedem por atualizações nos dados, validação ou confirmação da conta, dizendo que houve algum problema.

O motivo pelo qual muitas pessoas caem em um golpe tão antigo é que essas mensagens são muito bem formuladas e parecem reais.

O criminoso que envia a mensagem induz o contato a fornecer determinadas informações confidenciais, como senhas e número do cartão de crédito.

Ao enviar essas informações, os usuários, infelizmente, têm o cartão clonado e podem até mesmo serem vítimas de crimes de falsa identidade.

Qual a diferença entre spam x phishing?

O spam é um termo utilizado para se referir as mensagens de e-mail não solicitadas que, usualmente, são enviadas para um grande número de usuários.

São mensagens comerciais que informam sobre o lançamento de novos produtos, serviços e promoções. Mas elas não solicitam informação sigilosas, como senhas, por exemplo.

Basicamente, o spam é o lixo eletrônico.

Já os golpes de phishing, são feitos para roubar os seus dados pessoais e, até mesmo, usá-los contra você.

Quais são os principais tipos de Phishing?

Existem diversos tipos de ataques phishing, e o Brasil é o país com o maior número de vítimas dessa fraude.

Conheça agora quais são os principais tipos de golpes de phishing que são aplicados não apenas nacionalmente, mas também em outros países:

1. Blind Phishing

De todos os tipos, esse é o mais comum. O ‘’Blind Phishing’’ ocorre através do disparo de mensagens de e-mail em massa.

Os criminosos que aplicam esse tipo de golpe, especificamente, não utilizam muitas ‘’estratégias’’ para enganar os destinatários.

Eles contam apenas com a ingenuidade e falta de experiência de uma pequena parte das pessoas, que não possuem muita facilidade em identificar mensagens falsas, as quais o principal objetivo é roubar dados da vítima.

É comum que o e-mail contenha algum link malicioso com vírus, para que o receptor faça o download em seu computador.

2. Scam

Os golpes scam são tentativas de induzir os usuários a fornecer informações pessoais e sigilosas, como número da conta bancária e do cartão de crédito.

Esses dados, obviamente, serão utilizados para realizar transações financeiras indevidas e roubar o dinheiro da conta da vítima.

O contato pode ser através do e-mail, SMS ou redes sociais.

3. Smishing

O smishing é realizado através do disparo de mensagens SMS.

São mensagens que fazem o usuário acreditar que ganhou algum prêmio em dinheiro ou que possui alguma dívida pendente que deve ser negociada e paga o quanto antes.

4. Spear phishing

O spear phishing ocorre contra um grupo específico de pessoas, que podem ser os clientes de uma empresa ou funcionários do governo, por exemplo.

O objetivo é roubar informações sigilosas, como arquivos confidenciais que só podem ser acessados por indivíduos autorizados.

5. Clone phishing

Como o nome já diz, nesse golpe clona-se um site original (normalmente de uma empresa conhecida) para atrair as vítimas.

Ao acessar a página clonada, o usuário irá inserir alguns dados pessoais em um formulário malicioso que será enviado para os criminosos.

6. Whaling

O termo vem da palavra ‘’whale’’ que, em português, significa baleia.

O Whaling foca mais em pessoas importantes e relevantes, como grandes empresários.

O objetivo é adquirir dados confidenciais, através de falsas mensagens que simulam uma intimação judicial, por exemplo.

7. Pharming

Os pharmers, como são conhecidos os criminosos que aplicam esse tipo de golpe, utilizam mensagens atrativas e sites falsos para enganar os usuários.

Por meio do pharming, o site original é manipulado para direcionar as vítimas para sites falsos que instalam programas maliciosos em seus computadores.

8. Vishing

Esse golpe funciona de forma um pouco diferente, já que o vishing utiliza mecanismos de voz para enganar as vítimas.

Normalmente, a chamada de voz tenta induzir o usuário a tomar uma atitude forma rápida, criando a sensação de urgência. Dessa forma, a vítima acaba enviando informações confidenciais.

Como proteger a sua empresa de ataques phishing?

Os criminosos estão se especializando cada vez mais em golpes virtuais. Por esse motivo, mesmo com tantas dicas, muitas pessoas e até mesmo grandes empresas se tornam vítimas desse tipo de ameaça.

A melhor forma de proteger o seu negócio desses ataques é através da instalação de bons antivírus, que são programas que identificam ameaças e fazem varreduras constantes para proteger os usuários.

Os antivírus, além de diagnosticarem softwares maliciosos, impedem que os funcionários consigam abrir links suspeitos.

Também é necessário treinar os colaboradores, para que eles consigam identificar os principais tipos de golpes e informar os gestores sempre que alguma mensagem suspeita chegar através de e-mails ou SMS.

Nos dias de hoje, é fundamental investir em cibersegurança. Qualquer vazamento de dados e fraude bancária pode colocar em risco a reputação e o patrimônio financeiro da empresa.

Se você quer proteger o seu negócio de ataques virtuais e utilizar a tecnologia para impedir esses golpes, entre em contato com a Brinov e fale com um de nossos representantes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *