O que é e como criar um plano de recuperação de desastres?

Todas as empresas, independentemente do porte ou da área de atuação, estão suscetíveis a problemas e imprevistos, sejam naturais ou ocasionados por falha humana.

Por esse motivo, criar um plano de recuperação de desastres é essencial para qualquer organização.

Devido aos avanços tecnológicos dos últimos anos, a maior parte das atividades operacionais costuma ocorrer no ambiente digital.

Contudo, softwares e hardwares podem sofrer imprevistos, o que certamente, irá impactar na produtividade dos funcionários e continuidade das operações, se a empresa não tiver se preparado para lidar com isso.

Para que você entenda melhor sobre o assunto, nesse artigo, vamos explicar o conceito de plano de recuperação de desastres e mostrar o que a sua empresa precisa fazer para montar um. Continue a leitura para saber mais.

O que é um plano de recuperação de desastres?

O plano de recuperação de desastres (do inglês Disaster Recovery Plan – DRP) é um conjunto de métodos e estratégias utilizados pelas organizações em momentos de imprevistos, desastres ambientais, falhas em equipamentos e invasões no sistema.

O objetivo é manter a continuidade das operações, reduzir o impacto negativo que o problema pode trazer para a empresa e proteger a infraestrutura de TI.

Desse modo, o Disaster Recovery ajuda as empresas a se recuperarem de um evento prejudicial de forma mais rápida e sem grandes prejuízos financeiros. Um bom plano conta com o mapeamento das ações, que devem ser feitas antes, durante e depois do imprevisto.

Por que é tão importante criar um plano de recuperação de desastres?

Algumas empresas não investem em um plano de recuperação de desastres, pois acreditam que se trata de um planejamento que na maioria das vezes, não irá ser aplicado em momento algum.

Ou seja, são os gestores que acreditam que os ataques virtuais e outros problemas nunca acontecerão dentro do ambiente empresarial. E se atingir, os impactos serão pequenos.

Mas é importante lembrar que os riscos existem e, por isso, criar um plano de recuperação, é a melhor maneira de fazer com que a empresa esteja preparada para lidar com qualquer eventualidade.

Plano de recuperação de desastres

Como criar um plano de recuperação de desastres para a sua empresa?

O DRP consiste na criação de um documento que lista o que deve ser feito para diminuir o impacto gerado por falhas operacionais e outros problemas que dificultam as operações de infraestrutura de TI.

E para te ajudar, listamos as etapas essenciais na hora de criar um plano de Disaster Recovery. Veja só:

1. Faça uma avaliação da infraestrutura

Ao fazer um mapeamento mais profundo da infraestrutura de TI, é possível entender melhor sobre as condições em que uma empresa se encontra.

Desse modo, a organização consegue descobrir exatamente o que precisa ser feito para que as operações continuem funcionando normalmente e quais são os recursos disponíveis para isso.

2. Faça uma análise dos riscos mais prováveis

A segunda etapa é identificar os riscos mais sérios para a infraestrutura de TI, como por exemplo, queda de energia, falha no sistema, desastres ambientais, ataques cibernéticos, etc.

Identificar as ameaças pode ajudar a implementar procedimentos que diminuirão os riscos e irão auxiliar no processo de criação das melhores estratégias e ações.

3. Crie uma política de backup

A política de backup é um documento que possui todas as diretrizes relacionadas ao armazenamento de dados.

Nesse documento devem estar presentes todos os procedimentos necessários para a realização de backups.

O objetivo é fazer com que seja possível manter as atividades do negócio mesmo que alguns dos arquivos essenciais já estejam comprometidos.

O ideal é que a empresa tenha pelo menos um tipo de backup na criação do plano de recuperação de desastres.

4. Conheça a tolerância da empresa à perda de dados

Cada organização tem necessidades específicas e, em termos de criação de um plano de Disaster Recovery, é essencial avaliar o valor dos seus dados enquanto ativos da empresa.

Ou seja, é necessário entender quais são as consequências da perda de dados e como isso impactaria na produtividade dos funcionários e continuidade dos processos internos.

5. Invista em treinamento e capacitação dos colaboradores

Para garantir que todos estejam alinhados com a estratégia e garantam a segurança dos dados da organização, é importante treinar e capacitar os colaboradores.

Desse modo, as ações serão pensadas e realizadas em equipe.

Para facilitar o processo, o treinamento pode ser feito através de reuniões online, principalmente se na empresa, boa parte dos funcionários trabalha de forma remota.

6. Faça testes e simulações

Com base nos resultados dos testes, devem ser realizados os ajustes necessários para montar uma documentação atualizada e personalizada de acordo com o que a organização realmente precisa.

Quais os principais benefícios do plano de recuperação de desastres?

Dentre as principais vantagens do plano de recuperação de desastres, podemos citar:

Produtividade dos funcionários

O plano de recuperação de desastres precisa ser executado pelos profissionais certos. Se as responsabilidades forem estipuladas de forma antecipada, o aumento da produtividade irá ocorrer de forma natural.

Quando vários colaboradores se unem para realizar uma tarefa, as empresas são beneficiadas com a integridade geral da rede.

Além disso, caso algum funcionário saia da empresa ou esteja de licença, sempre haverá um profissional responsável por lidar com determinada atividade.

Organização de processos

Outra vantagem do Disaster Recovery, é a garantia de que os processos permanecerão organizados, independentemente do problema ou falha, principalmente se a operação for realizada com um software em nuvem.

Desse modo, a empresa consegue manter a lucratividade e a continuidade das operações.

Segurança de dados

Criar um plano de recuperação é uma forma de assegurar o controle de todos os dados coletados e armazenados pela sua empresa.

Desse modo, a empresa não vai perder informações confidenciais do dia para a noite, caso aconteça um imprevisto.

A Brinov oferece as melhores soluções tecnológicas para você garantir a segurança dos dados essenciais para a sua empresa e assim, criar um plano de desastres de forma rápida e eficiente. Entre em contato com a nossa equipe para mais informações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *